Maio 15 2012
Não gosto de Paulo Bento pim! Gostei dele como jogador, no Guimarães, Benfica, Sporting e Selecção, sempre o assumi. Era um trinco para partir jogo e chatear os criativos da equipa adversária. Fazia-o bem mas não tinha laivos de genialidade, ninguém os pedia e ele felizmente não inventava. Como treinador é igual, cauteloso, conservador adverso ao risco, mas com uma agravante, só sabe gerir um grupo de jogadores se todos lhe baterem continência, ao menor sinal de problemas há conflito que se resolve sempre da mesma maneira, saneando os descontentes. Paulo Bento é arrogante. Não na forma Mourinhesca que, apesar de me enjoar, está escudada pelo percurso mais brilhante que conheço de um treinador, mas sim numa forma campónia e broeira de quem usa o seu poder para se impôr em vez de liderar, e isso faz toda a diferença.
Paulo Bento treinou o Sporting uns aninhos e teve o sucesso relativo que tem quem percebe que o campeonato do Sporting é o da segunda circular e não o dePortugal. Não me lembro de ver o Sporting fazer grandes jogos, não me lembro de um conceito, uma táctica, algo desses anos que ficasse para a história, ao contrário do que aconteceu com José Peseiro. A única coisa que me lembro foi dessas vitórias no campeonato da segunda circular, e de um rol de jogares expulsos pela tirania Paulobentista, como por exemplo Carlos Martins, Varela, Stoikovic, etc. Assim que o Benfica deu a entender que estava a recuperar e a direcção do Sporting percebeu que nem à frente dos rivais ficaria, Paulo Bento foi pela porta pequenina, sem honra nem glória.
Não gosto de Paulo Bento, não como treinador. Por vezes acho que sou injusto nas críticas, felizmente, na maioria dessas vezes os criticados fazem questão de me provar que estou certo em criticá-los, porque se concordasse com eles, estaria errado. Tudo isto vem a propósito da convocatória para a fase final do Euro2012, mas vamos por partes:
Eduardo jogou uns 15 minutos esta temporada, Quím fez um campeonato inteiro ao mais alto nível. Quem está nos 23? Eduardo! Óbvio não acham?
Defesa - O melhor lateral direito Português, Bosingwa, foi saneado, João Pereira é para mim indiscutível, apesar de falhar tanto a defender como apoia bem o ataque. Substituto para João Pereira escolhido foi Miguel Lopes. Eu escolheria o Nélson, dá-me mais segurança além de poder fazer também a lateral esquerda, apesar do que dizem nunca vi lá o Miguel Lopes. Em relação aos centrais, o meu preferido está na lista dos proscritos. Sem Ricardo Carvalho ficamos entregues à dupla mais sanguinária da prova, com Rolando e Ricardo Costa no banco, sendo que nenhum deles me dá segurança e Rolando inspira-me mesmo verdadeiro pavor. Na lateral esquerda, sem Eliseu, ninguém para substituir Coentrão, apesar de existir quem defenda que Miguel Veloso o pode fazer bem, bom, também há quem defenda que a Terra é plana ... opiniões.
Meio campo - Concordo com Custódio, Moutinho e Meireles são obrigatórios. Entre Carlos Martins, Miguel Veloso e Ruben Micael, tirava dois e trocava de olhos fechados por Hugo Viana e Manuel Fernandes. Comparar Micael com Fernandes é como comparar Paulo Bento com Mourinho, Hugo Viana fez uma temporada fabulosa e é para mim o melhor médio a lançar contra ataques. Gosto mais de Carlos Martins que de Miguel Veloso, mas talvez deixasse o Veloso por precisarmos de um suplente para o Custódio.
Avançados - Ronaldo e Nani são obrigatórios, os restantes ... enfim. Compreendo Nélson Oliveira, provavelmente até eu o escolhia apesar de não ter números impressionantes nas 15 ou 16 vezes que Jesus lhe deu oportunidade. Varela é a prova que Bento tem sentido de humor, principalmente comparando com a temporada de Hélder Barbosa. Hugo Almeida e Hélder Postiga, mais o segundo, nunca me convenceram. As coisas até podem correr bem para eles e nunca saírem do banco, mas tenho dúvidas. Mais depressa convocava Nuno Gomes e João Tomás. Quanto a Quaresma, bem, é o Quaresma. Tem nome para ir, vai, mas ninguém sabe o que vai dar.
Não gosto de fazer prognósticos no final do jogo, por isso aproveito já esta oportunidade para dizer que acho que Portugal vai cantando e rindo em direcção a um desastre. Não sou dos que calam críticas em nome de um suposto interesse ou unanimidade nacional, ao contrário, sou dos que acha esse argumento abjecto, medíocre e fascizóide. Posso estar errado, claro. Adorava estar. Se jogar o Coentrão do Benfica e não o do Madrid, se a dupla de centrais puder jogar ençaimada, se o Meireles estiver em forma, se o Ronaldo perceber que só será bola de ouro com um bom europeu, se o Nani não for apanhado pelo doping como em 2010, se as bolas acertarem no angulo certo no corpo do Almeida e do Postiga, é possível sonhar. Mas a experiência diz-me que são ss a mais. Uma coisa tenho a favor do Paulo Bento, ele é tão amigo do Mourinho que vai continuar a ajudá-lo a perseguir o seu sonho, o de ser o primeiro treinador a ganhar algo pela selecção.
Tirando isso, não gosto do Paulo Bento. Pim !!!
publicado por Nicolae Santos às 15:31

mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO